Categorias
Uncategorized

PROJETO ACCESSIBLE GRAPHS, TENTANDO TORNAR GRÁFICOS ACESSÍVEIS A CEGOS E BAIXA VISÃO

O projeto Accessible Graphs ( accessiblegraphs.org ) visa criar gráficos acessíveis para pessoas cegas. Esses gráficos permitem que pessoas cegas entendam números
complexos, assim como pessoas com visão podem fazer com gráficos visuais.
No mundo de hoje, onde os dados são onipresentes, vemos a acessibilidade aos dados como um direito humano básico. O projeto Accessible Graphs visa fornecer uma
interface com dados numéricos para qualquer finalidade, seja ela Pesquisa Científica, Desenvolvimento de Software, Educação etc.
Você pode pensar nessas visualizações como a interface visual dos dados. Nosso objetivo é fornecer uma interface multissensorial para os dados. Essa interface usa
som e toque, além do canal visual, como meio de transmitir os mesmos dados subjacentes.
Nossa esperança é que, fazendo isso, tornemos o trabalho em áreas como Pesquisa Científica, Ciência de Dados e Aprendizado de Máquina acessível para pessoas com
baixa visão e cegueira.
Mas como navegar no gráfico com um leitor de tela?
Com as setas esquerda e direita, você pode mover-se entre os valores encontrados no eixo Y. Os dados são transmitidos por meio de 3 canais – braille, voz e tons.
Em cada elemento de dados, você pode pressionar a barra de espaço para ouvir mais informações.
Tornando um gráfico acessível
Se você quiser tornar algum gráfico acessível, para testar, é só clicar aqui.

baixe essa planilha caso não tenha nem uma em mãos
Copie e cole os dados da planilha no primeiro campo de edição da página usando Ctrl + V ou qualquer método de sua preferência e pressione Tab.
Se os dados forem copiados com sucesso, seu leitor de tela informará que os dados são válidos.
Dê uma descrição para o gráfico, “Ações da empresa” em nosso exemplo, colando o texto no campo de descrição.
Agora, é só navegar até o botão de visualização para produzir o gráfico acessível.
Aqui está uma página com vários gráficos para você acessar e entender

É isso galera, espero que tenham gostado deste post.
Todas as informações contidas aqui, foram retiradas do site oficial.
A parte de leitores de telas, comandos etc, eu testei tudo e posso garanti que realmente funciona.
link direto do site oficial
https://accessiblegraphs.org
Até a próxima!

Categorias
Uncategorized

Como excluir uma partição reservada ou de recuperação do sistema

Você já tentou expandir a memória no seu Disco Local C mas não conseguiu?
Isso pode ser causado por causa da Partição Reservada ou Recuperação, pois como não há uma maneira fácil de
excluí-la, acaba que te impedindo de aumentar o espaço no Disco Local C.
Mas neste artigo, verás como é fácil e rápido deletar a Partição Reservada do sistema ou Recuperação pelo CMD.
Vamos lá ??
Passo 1: Vá até Menu Iniciar, clique com o botão direito sobre Computador e depois em Gerenciar.
Agora vá até Gerenciamento de Disco:
Passo 2: Agora identifique qual partição é a Reservada e/ou Recuperação que deseja excluir,
que no caso to tutorial são 3 partições, e estão no DISCO 0:
Passo 3: Identificada as partições, vá até Menu Iniciar, digite “CMD” e abra-o como administrador. Ao abrir o CMD,
digite o seguinte comando “DISKPART” e dê Enter e agora, digite “LIST DISK” e dê Enter.
Nesses dois comandos, você já consegue ver seus discos e se tiver mais de um HD também mostrará:
Passo 4: Para selecionar o disco que está as partições, verifique (como no Passo 2)
qual disco está as partições que deseja excluir, no caso aqui é o Disco 0.
Se for seu caso, digite no CMD “SELECT DISK 0” e dê Enter e
verás a seguinte mensagem “O disco 0 é o disco selecionado.“
Passo 5: Agora digite no CMD “LIST PARTITION” e verá todas as partições, do sistema, reservado, primário…
Identifique a partição desejada para exclusão, por exemplo
Partição 5, então, digite no CMD “SELECT PARTITION 5“
e depois que for selecionada
digite “DELET PARTITION OVERRIDE” e pronto, a partição selecionada foi EXCLUÍDA.
Para sair do CMD digite “EXIT” POR 2 VEZES:
Para excluir outra partição basta seguir o passo-a-passo a partir do Passo 3!
Voltando no Gerenciamento de Disco, veja que já está com mais espaço para expandir o disco local C
e que as demais partições selecionadas no tutorial já não existem mais:
Gostou desta dica? Não se esqueça de comentar e compartilhar

Categorias
Uncategorized

ATIVANDO ÁUDIO EM VPS WINDOWS COM AUTONOMIA

Quem já comprou alguma VPS Windows, seja pra uso próprio ou para algum projeto, sabe que sempre as VPS Windows vem de padrão com o som desativado.
No post de hoje, eu irei ensinar uma coisa que nem todo mundo sabe, mas que é muito últio, principalmente para quem quer parar de depender do suporte da empresa
para ativar o áudio na VPS.
Habilitar som
Em uma VPS Windows, o som é desabilitado por padrão.
Siga os passos a baixo, e você irá consegui ativar o som com total autonomia.
Pressione WIN+ R para abrir o menu Executar.
Digite cmd na caixa de diálogo em execução e clique ENTER. Aguarde alguns segundos para que ele apareça. Isso não deve demorar mais do que 4 ou 5 segundos, dependendo
da velocidade da sua conexão à Internet e da velocidade com que seus comandos estão sendo enviados ao servidor.
Digite o seguinte na janela do prompt de comando.
“net start audiosrv”
Hit ENTER. Agora, você terá o áudio ativado. Você pode testar isso nas próximas etapas. Observe que isso não permite que o serviço de áudio seja iniciado na inicialização
do Windows. Isso será abordado nas etapas a seguir.
Habilitar narrador
Agora que você tem áudio em sua máquina VPS, é hora de habilitar o narrador do Windows. Para começar, certifique-se de que você ainda está na janela da área de trabalho
remota.
Existem duas maneiras de habilitar o Microsoft Windows Narrator. A primeira opção é simples, se estiver executando o Windows Server 2012 a 2016, você pode simplesmente
ligar o Narrator pressionando CTRL+ WIN+ enter ao mesmo tempo. No entanto, isso nem sempre funciona, então aqui está outra maneira de habilitar o Microsoft Windows
Narrator. Observe que, para isso, você usará o menu Executar novamente.
Pressione WIN+ R para abrir o menu Executar. Digite o seguinte e pressione ENTER.
“narrator”
Se o seu som estiver ativado, você ouvirá o som do narrador falando. Se, entretanto, esse não for o caso, repita as etapas no início deste post.
Iniciar automaticamente
Agora que temos áudio em seu servidor, precisamos configurar o serviço de áudio para iniciar automaticamente. Isso é necessário se você planeja usar um leitor de
tela permanentemente em seu servidor. Por esse motivo, precisamos que o serviço de áudio seja iniciado automaticamente quando o servidor for inicializado.
Abra o menu Executar novamente e digite o seguinte, seguido por ENTER.
“services.msc”
Você ouvirá o leitor de tela dizer que você está em uma visualização em árvore. Pressione TABe você poderá usar as setas do teclado para navegar pelos serviços.
Pressione agudo + A, até ouvir Áudio do Windows e pressione ENTER. Você poderá navegar com tab até “tipo de inicialização”. Por padrão, é definido como “Manualmente”.
Para alterar as configurações, pressione as teclas de seta para cima e para baixo.
Ao ouvir “automático”, pressione ENTER. Agora você pode fechar a janela atual.
Post adaptado de vultr.com.
É isso galera, espero que tenham gostado.
Até a próxima!

Categorias
Uncategorized

SAIBA COMO UTILIZAR O CORRETOR ORTOGRÁFICO NO WINDOWS 10

Os teclados de smartphones permitem completar a palavra que você está digitando com base no que você digitou.
Você pode fazer a mesma coisa no Windows 10 a partir da atualização 1803 (abril de 2018) ou posterior, segundo o post da NV Access.
ativando o recurso:
Ativar o recurso de sugestão automática é muito simples.
Siga os Passos a baixo, para você conseguir ativar.

  1. Pesquise por Configurações de digitação no menu iniciar.
  2. Pressione ENTER para abrir a tela de configurações de “Digitação”. As primeiras opções na tela referem-se ao teclado do software. Esse teclado na tela é usado
    ao executar o Windows 10 em um tablet ou no modo tablet.
  3. Pressione TAB para sair do teclado do software. Continue com tab até a opção “Mostrar sugestões de texto enquanto digito”.
  4. Pressione barra de espaço para habilitar esta opção.
    Com a previsão de texto ativada e em um campo de edição, Digite pelo menos uma letra de uma palavra. Para acessar as sugestões, pressione a SETA PARA CIMA para
    ir para a primeira sugestão. A partir daí, use as setas DIREITA ou ESQUERDA para mover entre as três sugestões. Pressione ENTER em qualquer uma das palavras para
    aceitá-la. ou ESCAPE para fechar as sugestões sem aceitar nenhuma delas.
    Segundo a NV Access, este recurso funciona em muitos lugares, incluindo Word, Bloco de notas e Firefox. Existem alguns lugares onde não funciona. Não é possível
    obter sugestões no NotePad ++, por exemplo.
    Créditos para NV Access.
    É isso galera, sei que muita gente nem sabe da existência deste recurso, por isso decidi fazer um post sobre.
    Espero que tenham gostado, até a próxima!
Categorias
Uncategorized

FLUTTER, o que e, para que serve

Desenvolvido pela Google e lançado oficialmente em dezembro de 2018, o framework flutter tem ganhado uma atenção especial pelos desenvolvedores devido a sua facilidade
de codificar apenas uma vez e rodar o mesmo código em diversas plataformas e tamanhos de telas diferentes, e tudo isso de forma nativa sem prejudicar o desempenho
da aplicação, ou seja ele irá exibir nativamente os componentes do sistema operacional em que estiver rodando.
Aplicativos Flutter são construídos usando o Dart, uma linguagem simples de programação orientada a objetos.
A ideia central gira em torno de widgets. A interface do usuário inteira é composta de diferentes widgets, cada qual define um elemento estrutural (como um botão
ou menu), um elemento estilístico (como uma fonte ou esquema de cores), um aspecto de layout (como preenchimento) e assim por diante.
O que é framework?
Antes de continuarmos a publicação vamos contextualizar a palavra framework, caso você não saiba.
Framework tem como principal objetivo resolver problemas recorrentes com uma abordagem genérica, permitindo ao desenvolvedor focar seus esforços na resolução do
problema em si, e não ficar reescrevendo software. Você pode se perguntar, então Framework é uma biblioteca? Bem quase isso, pode-se dizer que é um conjunto de
bibliotecas ou componentes que são usados para criar uma base onde sua aplicação será construída.
As frameworks ajudam no desenvolvimento rápido e seguro de aplicações.
Trecho acima retirado de:
https://tableless.github.io/iniciantes/manual/js/o-que-framework.html
Quais empresas usam flotter?
A popularidade do framework vem crescendo a cada dia que passa, pois além de possuir uma sintaxe de aprendizado fácil, flotter tem um desempenho muito bom, diferente
de seus concorrentes ele tem seu próprio framework de renderização, e isso é ótimo, pois você não depende de algo específico de cada plataforma. Um exemplo é o
shadows, que existe nativamente só no iOS e no Android não.
Devido as essas características algumas empresas tem adotado o flotter em seus projetos, abaixo listo algumas empresas que estão usando o framework atualmente.
? 3X Solutions
? Agentech
? Agibank
? Dell Lead
? iFood
? Nubank
Quer dar uma olhadinha nas outras empresas, acesse este link e se surpreenda.
Quer programar em flutter?
Acabou de ler esse artigo e ficou empolgado com essa tecnologia, quer aprender mais ou dar seus primeiros passos, em breve terá vídeo! no canal, demonstrarei a instalação do flotter em seu ambiente de desenvolvimento.
Deixo também a documentação oficial para
estudar um pouco mais e quem sabe já sair desenvolvendo seus primeiros APPS, link da documentação aqui.

Categorias
Uncategorized

INSTALANDO O YOURLS, TENHA O SEU PRÓPRIO ENCURTADOR DE LINKS

Salve galera! Tudo tranquilo?
Espero que sim!
No post de hoje, eu irei ensinar para vocês como instalar o encurtador de link YOURLS, na sua hospedagem web e encurtar seus links com seu próprio domínio e o melhor
de tudo, de graça!
Se você ainda não tem uma hospedagem Web, eu indico muito a Host Delta Center, temos ótimas hospedagens baratas, e com servidores hospedados no Brasil.
Vantagens de ter um encurtador de URL personalizado

  1. Branding
    As pessoas estão acostumadas a receber links curtos de domínios como bit.ly, ad.fly, encurta.net etc. Quando você manda um link curto com o seu próprio nome, o
    seu diferencial já vai junto. Então só de ver o seu nome encurtando um link, as pessoas já vão deduzir um pouco sobre você: uma pessoa antenada, que se preocupa
    com todos os aspectos da sua identidade online. E se você for uma empresa, o encurtador personalizado é mais um fator de consistência de marca.
  2. Confiança
    Os encurtadores encurtam as URLs compridas, mas também as ocultam. Quando você compartilha uma URL curta com o seu nome, é muito menos provável que aquilo é um
    link malicioso, pois está subentendido que você mesmo o criou, o que aumenta o número de pessoas que vão abrí-lo. Para empresas, é um ótimo jeito de obter confiança
    do seu público na hora de compartilhar um link.
  3. No Twitter
    Uma URL enorme que antes gastava 79 caracteres pode ser reduzido para 22 ou 23, deixando mais caracteres pra você comentar sobre o que se trata o link e não estourar
    o limite de 280 caracteres. E quando alguém te retwitta, o seu link curto vai junto, espalhando o seu twitter e um pouco do seu branding pessoal embutido no link.
  4. No Facebook
    Assim como no Twitter, o link que você compartilha vai com a sua url curta, que aparece logo abaixo do título, e sempre que alguém compartilha o link, o seu nome
    vai junto.
  5. Métricas
    Cada URL que você encurta é catalogada, pra você poder acessar suas métricas quando quiser. Dá pra saber quantas pessoas clicaram, a quantidade de cliques gerais,
    e até personalizar suas URLS.
    Sobre YOURLS
    Mas antes de tudo, vamos a uma bréve descrição do YOURLS, para quem ainda não conhece.
    YOURLS significa seu encurtador de URL.
    É um pequeno conjunto de scripts PHP que permitirá você ter seu próprio serviço encurtador de URL, como (encurta.net, goo.gl ou Bit.ly).
    você possui seus dados e não depende de serviços de terceiros. Também é uma ótima maneira de adicionar marca aos seus URLs curtos, em vez de usar o mesmo encurtador
    de URL público que todos usam.
    Recursos do YOURLS
    Software livre e de código aberto.
    Privado (somente seus links) ou Público (todos podem criar links curtos, adequados para uma intranet)
    Palavras-chave de URL sequenciais ou personalizadas
    Bookmarklets úteis para encurtar e compartilhar links com facilidade
    Estatísticas: relatórios históricos de cliques, rastreamento de referências, localização geográfica dos visitantes
    Arquitetura de plug- ins fantástica para implementar facilmente novos recursos
    API do desenvolvedor
    Instalador amigável
    Arquivos de exemplo para criar sua própria interface pública e muito mais.
    O que você precisa?
    Um domínio curto (obviamente). neste tutorial, usaremos seusite.com um exemplo de domínio curto. Você precisará atualizar suas configurações de acordo com o seu
    domínio.
    Apache (com mod_rewrite ativado). Sinta-se livre para usar outro servidor web como o Nginx.
    PHP 5.3 ou superior
    MySQL 5+
    cURL (se você planeja usar a API)
    Tutorial
    Finalmente,! Vamos largar de conversa e vamos ao tutorial.
  6. Crie um banco de dados e um usuário de banco de dados
    Qualquer que seja o painel que você esteja usando (provavelmente o cPanel), há uma área em seu painel onde você pode gerenciar seus bancos de dados. Vá para a seção
    Banco de dados e, primeiro, crie um banco de dados. Nomeie o que quiser. Para este tutorial, nomearemos
    exemplo_bancourl
    Em seguida, crie um usuário e adicione-o ao seu banco de dados recém-criado com todos os privilégios. Para este tutorial, nomearemos o usuário:
    exemplo_usuariourl
  7. Baixe, configure e faça o upload do YOURLS
    Baixe a versão mais recente do YOURLS e extraia-a em seu computador. Vá para a pasta ‘user’ e renomeie o arquivo ‘config-sample.php’ para ‘config.php’
    Agora, abra ‘config.php’ no Bloco de Notas ou em qualquer editor que você use e edite as seguintes linhas do arquivo:
    define (‘YOURLS_DB_USER’, ‘exemplo_bancourl’);
    define (‘YOURLS_DB_PASS’, ‘a senha do seu banco de dados’);
    define (‘YOURLS_DB_NAME’, ‘exemplo_usuariourl’);
    define (‘YOURLS_SITE’, ‘http: //seusite.com’);
    define (‘YOURLS_COOKIEKEY’, ‘modifique este texto com algo aleatório – você não precisa se lembrar dele’);
    Nas próximas linhas, você criará um usuário administrador para o seu encurtador.
    Modifique as linhas de acordo com a sua preferência.
    $ yourls_user_passwords = array (
    ‘SeuUsuario’ => ‘Senha’,
    );
    Você pode criar quantos usuários você preferir, pois essa linha é uma array.
    Quando terminar de editar o arquivo, salve-o.
    O próximo passo é fazer o upload de todos os arquivos e pastas que você acabou de baixar para o YOURLS (incluindo o novo arquivo config.php atualizado) via FTP.
    Você pode usar o gerenciador de arquivos on-line através do seu painel de controle ou pode usar um cliente FTP como o FileZilla. Faça o upload de todas as pastas
    e arquivos para o diretório raiz (public_html).
    Depois de concluir o upload dos arquivos, navegue para http: //seusite.com/admin e conclua a instalação clicando no botão instalar na página.
    É isso galera, espero que tenham gostado.
    Até a próxima!
    Créditos: thishosting.rocks
Categorias
Uncategorized

SPEECHHISTORY, UM ADDOM PARA REVISAR TEXTOS PASSADOS NO NVDA

A dica de hoje vai para os usuários de windows, com o leitor de telas NVDA.
o indicado de hoje é o addon speechHistory.
Este complemento permite revisar as 250 seqüências de caracteres mais recentes faladas pelo NVDA, pressionando Shift + F11 e Shift + F12. Além disso, você pode
pressionar F12 uma vez para repetir o item do histórico de fala selecionado no momento e pressionar duas vezes para copiá-lo na área de transferência.
Atenção, esse complemento só funciona a partir da versão 2019.3 do NVDA.
As modificações feita pela equipe acessibilizando no addom, somente foi a tradução para o português do nesno.
Download do addom.

Categorias
Uncategorized

Falando do jogo GTA com acessibilidade

Salve galera, tudo, tranquilo?
Hoje, noz viemos com uma novidade bastante interessante para vocês.
a novidade em que me refiro, é um mod para o jogo GTA v, que torna a interface do jogo um pouco mais acessível, para noz que usamos leitores de telas.
Pois como todos noz sabemos, a grande maioria dos jogos não são nada acessíveis para noz.
O que esse Mod faz?
Este mod permite que um usuário cego ou com deficiência visual faça o seguinte.
? Obtenha informações de localização.
? Pegue veículos nas proximidades, além de objetos e pedestres nas proximidades.
? Teleporte para diferentes áreas do mundo do jogo.
? Receba tons de segmentação audíveis para pedestres e veículos.
? Use recursos básicos do tipo instrutor, como modo deus, modo deus veículo.
E muito mais.
O que esse Mod não faz?
Há algumas coisas importantes a serem lembradas ao usar este mod.
Este mod foi projetado apenas para versões de 64 bits do Windows. esse mod não funcionará nas versões de console do GTA V, como nas versões para XBox ou Play Station.
esse mod não lê os menus do jogo nem torna toda a interface do usuário geral mais acessível.
Este mod não pode ser usado no GTA Online devido a restrições impostas pelos jogos da Rockstar.
No momento, este mod não é capaz de pilotar automaticamente veículos nem pode gerar guarda-costas.

Categorias
Uncategorized

COMO CONVERTER ÁUDIOS E VIDEOS PELO CMD COM FFMPEG NO WINDOWS

Salve galera, tudo tranquilo?
No post de hoje, eu irei ensinar a vocês como converter um áudio ou até nesno vídeo de um formato pra outro usando o ffmpeg pelo CMD.
Mas antes de tudo, vamos a uma breve explicação sobre o que é o ffmpeg:
FFmpeg é uma ferramenta que implementa um descodificador e, em seguida, um codificador. Isto permite aos usuários converter arquivos de um formato para outro. Exemplo:
com FFmpeg, poderá obter um arquivo de VOB a partir de um DVD contendo vídeo MPEG2, um arquivo AVI de áudio AC3 ou converter um áudio MP3 para um arquivo 3GP.
Além de fazer a conversão do formato básico, o FFmpeg também pode ser utilizado para a manipulação básica dos dados de áudio e vídeo. É possível alterar a taxa
de amostragem do áudio, avançar ou retarda-lo com respeito ao vídeo. Para arquivos de vídeo, permite que a taxa de quadros seja alterado e também cortar ou redimensionar
o vídeo. Você também pode adicionar preenchimento ao vídeo, colocando barras na parte superior / inferior e lado esquerdo / direito e também alterar a relação de
aspecto de acordo com suas necessidades. FFMPEG também permite a importação de áudio e vídeo a partir de diferentes fontes que podem ser utilizados para a duplicação.
Agora você já deve ter uma ideia básica o que é FFmpeg e para que ele pode ser usado.
Vamos ao nosso tutorial.
em breve, terá um tutorial em vídeo, para quem não consegui entender.
Adicionando Variáveis de Ambiente.
Para o ffmpeg funcionar em todas as pastas do windows, você tem que adicionar o caminho da pasta do ffmpeg nas Variáveis de Ambiente.
Para isso, pressione as teclas Windows + R e digite explorer.
Navegue até Esse computador, pressione aplicações e pressione enter em propriedades.
Navegue com tab até Configurações avançadas do sistema e clique em Variáveis de Ambiente.
Feito isso, navegue com tab mais uma vês até Variáveis do sistema.
Na lista que vai aparecer, navegue com as setas até Path.
pressione tab até editar e mais uma vês até novo.
Copie o caminho da pasta bin, dentro da pasta do ffmpeg, e cole no campo de edição que irá aparecer.
Feito isso, é só da tab até ok nas próximas duas telas.
Convertendo um áudio.
Para converter um áudio de mp3 para wav com o ffmpeg, navegue com o cmd até a pasta em que está o arquivo
Feito isso, digite o seguinte comando:
ffmpeg -i “nome do audio.mp3” “nome do audio.wav”
e pressione enter.
Lembre-se de colocar as aspas!
Prontinho, o seu áudio ja foi convertido para wav!
Até a próxima!

Categorias
Uncategorized

COMO CRIAR UM BOT SIMPLES NO TELEGRAM, QUE RESPONDE A COMANDOS

Fala galera, tudo beleza!
No post de hoje, eu irei demonstrar para vocês, como criar um bot simples no telegram, que responde a comandos enviado pelo usuário.
A biblioteca que iremos utilizar, é a TelegramBotPHP, uma biblioteca simples para criação de bots para o telegram.
Primeiramente, você tem que obter o seu token no telegram.
Falei como fazer isso bem aqui nesse post.
COMO CRIAR UMA PÁGINA DE CONTATO EM PHP QUE CONECTE COM O TELEGRAM
Bom, para começar, crie no seu computador um arquivo chamado “bot.php”
É nele onde iremos receber as atualizações do telegram.
Você também terá que ativar o webhook do telegram para esse arquivo na sua hospedagem.
Isso serve para que o telegram possa executar o arquivo, toda vês se tiver alguma atualização no bot.
Para fazer isso, é só você digitar a seguinte URL em seu navegador:
https://api.telegram.org/bot{Sua_chave_key}/setWebhook?url={URL_do_arquivo}
Se você quiser uma hospedagem boa para hospedar seu site ou bot, eu indico muito a Host Delta Center.com.br, você não vai se arrepender.
Feito isso, você tem que incluir a biblioteca e também definir algumas propriedades para o código funcionar.
Text();
$chat_id = $telegram->ChatID();
?>
Agora vamos a explicação desse bloco:
include “Telegram.php”
Essa é a biblioteca que nós iremos utilizar.
É ela que vai faser todo o trabalho. obter o json, decodificar, enviar, e retornar uma array para o index, para podermos utilizar as funções da api do telegram.
$telegram = new Telegram(“XXXXXXX”)
Nessa linha, você tem que colocar o seu token, para acessar o bot.
$texto = $telegram->Text()
Essa variável utiliza a anterior para obter o texto que o usuário mandar no telegram, Iremos utilizar mais tarde.
$chat_id = $telegram->ChatID()
Aqui nós obtemos o id do usuário, para o bot não mandar mensagem para o usuário errado.
Agora vamos verificar se o usuário enviou o comando /start, se sim, vamos responder com um texto.
Text();
$chat_id = $telegram->ChatID();
if($texto == “/start”) {
$content =array(‘chat_id’ => $chat_id, ‘text’ => ‘Olá, seja bem vindo ao site Acessibilizando.’);
$telegram->sendMessage($content);
}
?>
Explicação do código:
A variável $content é uma array, que contén o chat_id do usuário e o texto que será enviado para o telegram.
$telegram->sendMessage($content)
Pega tudo que está no array e envia para o usuário, a través da função sendMessage incluída na biblioteca.
Só lembrando que nesse caso você não precisa incluir o “?>” no final do arquivo para fechar a tag php.
Coloquei nesse post só para Fins didáticos.
É isso galera, Você pode fazer quantos if você quiser, e também pode criar suas próprias funções para ser executada dentro desses if.
Espero que tenham gostado desse post.
Até a próxima!